8 Maneiras de Como a Tecnologia em Nuvem Está Mudando o Sistema de Assistência Médica

Última modificação em October 5, 2020 em 5:57 pm.

A computação em nuvem é mais do que apenas enviar os seus arquivos em Yahoo! Groups ou Google Communities para compartilhar com um grupo em comum. Hoje isso fala sobre grandes dados e recursos que as empresas usam. Dessa forma, isso afeta muitos negócios e setores, incluindo o de assistência médica. Se o seu trabalho é nesse setor, existem algumas tendências que você vai querer dar atenção.

1. Registros Eletrônicos

91% dos médicos sentem que o maior desafio para melhorar a performance clínica e financeira é a falta de interoperabilidade do Registro Médico Eletrônico entre todas as operadoras e pagantes incluindo auxiliares, hospitais, clínicas, laboratórios e médicos. O Hospital Review diz que migrar os sistemas de assistência médica para a nuvem permite a você começar a pensar sobre Registro Médico Eletrônico RME baseados em nuvem – algo que é muito diferente do que simplesmente mover ou juntar dados de assistência médica para um local com armazenamento centralizado. Existem muitas vantagens de um RME baseado em nuvem. Essa tecnologia pode facilmente permitir que sistemas de assistência médica possam se unir porque enquanto você continua a usar o seu sistema investido, você poderá agora também ter acesso a informação de outros sistemas de assistência médica porque eles estão conectados através de um API que está dentro da sua infraestrutura de nuvem. Essa tecnologia dá a você uma rede privada da assistência médica que é conectada unida na nuvem. Isso desempenha um enorme papel sobre a preocupação da proteção das informações dos pacientes. Apesar do fácil acesso, registros baseados em Nuvem são comprovadamente extremamente protetivos. Os próprios dados nunca sairão de seus sistemas originais para que as pessoas possam receber cuidados de emergência independentemente de sua localização ou sistema de saúde, sem precisar fornecer seu histórico médico anterior. Outro aspecto notável sobre o RME baseado em nuvem é que eles são criados de uma forma que se encaixam perfeitamente nos requisitos médicos contemporâneos dos pacientes. Eles geralmente precisam de acesso online aos seus registros médicos, resultados de exames laboratoriais e outros dados. Isso eventualmente melhora a forma como as pessoas participam de suas assistências médicas enquanto melhoram a experiência da operadora.

8 Maneiras de Como a Tecnologia em Nuvem Está Mudando o Sistema de Assistência Médica

2. Comunicação Através da Nuvem

Os médicos podem ficar conectados com um sistema de telefone baseado em nuvem. A Forbes disse que existem muitas razões porquê esse tipo de comunicação é vital hoje, incluindo:

  • Quando os médicos não falam entre si, isso pode facilmente resultar em negligências e fraudes. Então existem a necessidade por transparência.
  • Os hospitais precisam comunicar entre si e por dentro de suas próprias paredes para que eles não desperdicem dinheiro. Fazendo isso apenas resulta em maiores custos para os pacientes – cuja maioria não consegue sequer pagar tratamento médico em primeiro lugar. Isso é um daqueles parâmetros onde os pacientes avaliam as organizações de assistência médica. Ter uma boa  etiqueta no atendimento ao consumidor é um pré-requisito, não importando o tipo da organização.

  • Pesquisas de alta qualidade são necessárias para que o progresso seja feito. Isso depende da colaboração – algo que sistemas de telefone baseados em nuvem podem tornar mais fácil para eles. Isso inclui o âmbito de melhorar a comunicação entre médico e paciente em um nível enorme. Boa comunicação com o paciente é equiparado a um bom atendimento ao consumidor.

  • Agendamentos mais cedos, fazer cancelamentos ou mudá-los é incômodo e entediante quando os hospitais trabalham em soluções que não são baseadas em nuvem. Com o advento dos sistemas de gestão em nuvem, Cobranças e Agendamentos estão se tornando mais fáceis e rápidos.

3. Colaboração Simplificada

O CDW diz que comunicação simplificada resultado em um cuidado com o paciente aperfeiçoado. Isso é uma ótima notícia porque os pacientes não querem ser readmitidos ao hospital quando eles poderiam ter recebido os cuidados ideais em primeiro lugar. Quando toda a sua equipe médica pode se comunicar um com o outro através da nuvem, eles não irão precisar se preocupar com readmissão. Com os documentos centralizados e armazenados em um local acessível em nuvem, os funcionários podem trabalhar nisso sem precisar enviar uma versão atualizada para todos os membros da equipe. Essa atualização em tempo real garante que tudo esteja no sistema sem nenhuma perda ou lacuna. A comunicação e sua colaboração resultante é facilitada hoje, já que você pode levar e usar a nuvem com você em qualquer lugar, a qualquer momento. Outro aspecto positivo da colaboração simplificada é um maior nível de participação do funcionário na consideração de oportunidades iguais para oferecer contribuição. Isso se torna um parâmetro central se estivermos falando sobre a satisfação do trabalho dos funcionários. Também não há a necessidade de enviar arquivos, já que eles são atualizados em tempo real na nuvem, enquanto trabalham, economizando bastante espaço do que estaria se estivesse usando internamente. Nem precisamos falar que isso também economiza bastante dinheiro.

8 Maneiras de Como a Tecnologia em Nuvem Está Mudando o Sistema de Assistência Médica

4. Analíticas de Dados

Nos próximos anos, é esperado que o setor de assistência médica cresça em um ritmo sem precedentes. Isso será um desafio para a indústria de TI, para armazenar e analisar a grande quantidade de dados associados a isso. Hospedar todos estes na nuvem oferece uma solução eficiente para todos estes problemas. Coisas aparentemente simples como garantir que os dados estão no lugar certo para que possam ser transformados em informações, no momento certo e por todos os dispositivos, de forma segura, irá melhorar e muito os cuidados com os pacientes. Isso não seria possível sem as nuvem, já que é importante fornecer vários serviços em uma infraestrutura de rede unificada. Hoje em dia vários blocos de dados estão sendo produzidos em hospitais sem que se saiba exatamente o que fazer com isso. O aspecto notável sobre nuvem é que eles podem compreender eficientemente zettabytes de dados em questões de segundos. O Medium diz que isso não é mais um sonho do futuro, é algo que estamos atualmente testemunhando. A Dell recentemente divulgou um relatório dizendo que as empresas que investem em Big Data, mobilidade de nuvem e segurança aproveitam até 53% de crescimento mais rápido em faturamento que seus concorrentes. Então implementar tecnologia do tipo torna-se uma necessidade para que a implantação dos serviços seja feita mais rapidamente.

5. Cuidado Integrado e Eficiente com o Paciente

A Era da Informação diz que gerir milhões de RMEs apresentam um grande desafio hoje, porque os médicos também devem integrar informações sociais e de assistência médica. Essa infraestrutura de desenvolvimento está trabalhando duro para conectar os vários fundos, hospitais, cirurgias e clínicas juntos através da nuvem. Ao fazer isso, a computação em nuvem está mudando como os médicos, enfermeiros, clínicas e hospitais entregam serviços de qualidade e com bom custo benefício aos seus pacientes. Existem duas forças empurrando isso hoje:

  • A imperativa econômica para reduzir custos
  • A necessidade de melhorar a qualidade dos cuidados com o paciente

Os primeiros RMEs usavam hardware externo para armazenar grandes blocos de dados e informações. A curva econômica cresceu sempre que houve a necessidade de recuperar tais grandes quantidades. Então houve uma necessidade de reduzir os custos. Esse problema também afetou os cuidados com os pacientes. Mas o advento da nuvem baseada em tecnologia garantiu que a curva econômica caísse, sem que as facilitações que estavam sendo oferecidas aos pacientes fossem reduzidas. Falando da qualidade de cuidados com o paciente, a Nuvem ofereceu muitos benefícios como aconselhamento de prescrição mais rápido para muitos problemas médicos contemporâneos, por possibilitar a visualização de seus registros anteriores. Esse é um fator chave para a resolução de problemas médicos, porque você precisa verificar os registros anteriores do paciente para sugerir a solução para um problema médico. Em uma larga escala, lidar com os dados torna-se difícil. A computação em nuvem cuida de todos esses tipos de problemas. A nuvem revolucionou a assistência médica da forma como conhecemos, tornando isso mais eficiente através de uma abordagem descentralizada enquanto melhorando a experiência do paciente. Isso acontece porque os médicos poderiam usar os serviços equivalentes àqueles oferecidos por organizações internas de TI, mas a um custo significativamente menor.

6. Segurança e Mobilidade

Infelizmente é da natureza humana julgar pessoas e os médicos não são diferentes, então nós não podemos esperar que eles não façam julgamentos. Isso se torna um desafio ainda maior quando você pausa por apenas um momentos para considerar o fato de que as informações de cada paciente contém pedaços de dados confidenciais que os médicos sempre trabalham para proteger. Aqui também está a razão do porquê é importante que a infraestrutura de TI e redes dos hospitais sejam seguras, para que nem hackers e nem qualquer outra pessoa tente pegar esses dados, ao serem travados e impedidos de fazer isso. Houveram alguns estudos recentes mostrando que a indústria de assistência médica é 200% mais vulnerável a quebra de dados que qualquer outra indústria. Enquanto no estado dos primórdios da computação em nuvem houve problemas em relação a segurança, ao longo dos anos muitos especialistas participaram disso para tornar os sistemas muito difíceis de serem hackeados. Isso significa que você pode ficar tranquilo, pois os níveis de segurança e privacidade na nuvem existe agora. Tal exemplo disso é que os hospitais que queiram usar a computação em nuvem precisam aderir a orientações que estão presentes no Health Insurance Portability and Accountability Act (HIPAA). Houveram muitos relatos em que muitas organizações mostraram uma melhoria na segurança após migrar para a nuvem. O RapidScale afirma que 94 por cento dos negócios viram uma melhoria na segurança após mudar para a nuvem e que 91 por cento disse que a nuvem tornou mais fácil o cumprimento da conformidade com os requisitos da governancia.

8 Maneiras de Como a Tecnologia em Nuvem Está Mudando o Sistema de Assistência Médica

7. Salvando no Armazenamento de Dados

Não é incomum que os negócios gastem mais dinheiro para a aquisição de sistemas de armazenamento adicionais, para que possam fazer cópias de seus dados. Isso é uma soma ao espaço de armazenamento que eles já usam, com os recursos que usam diariamente. O armazenamento em nuvem custa menos de 10 vezes mais barato que o espaço de servidor e o material de hardware que ele precisa. Os usuários agora podem testemunhar a economia nos custos, porque o armazenamento remoto de informações não necessita de espaço interno. Como a tecnologia em nuvem é totalmente baseada em utilidade, os usuários precisam pagar somente pelo que eles usam em um ponto específico de tempo. Essas vantagens são aplicadas também no setor da assistência médica, porque muitos dados médicos precisam ser armazenados e analisados. Enquanto vemos um grande aumento das informações e dados nos hospitais ao redor do mundo. É extremamente importante que haja um sistema eficiente de armazenamento de dados. Como mencionamos mais cedo, não há a menor necessidade que dispositivos internos armazenem os grandes blocos de dados que são produzidos. Além disso, treinar as pessoas sobre como manter e cuidar dos sistemas ao longo dos usos diários é simplificado, já que a computação em nuvem se adapta às suas necessidades. É por isso que você precisa escolher o pacote certo. Hoje  82% dos hospitais ao redor do mundo estão usando serviços em nuvem para a Troca de Informações na Saúde e armazenamento de dados.

8. Pesquisa Clínica Avançada

O Smart Data Collective diz que os médicos que prescrevem medicamentos terão alguma ajuda das analíticas de Big Data. O compartilhamento de dados entre gigantes farmacêuticas através da nuvem também irá ajudar pesquisadores a escolher os melhores assuntos. Isso é algo que foi testemunhado recentemente, quando um big data de pesquisa clínica revelou que a desipramina pode também ser usado para curar o câncer de pulmão. O serviço do Flatiron Health, Oncology Cloud, diz que cerca de 96% de dados em potencial sobre pacientes com câncer ainda precisam ser analisados. Isso é algo que as analíticas de big data podem ajudar a resolver. O big data pode normalizar a informação, ao coletar isso de várias fontes, dando assim uma solução de verdade para um determinado problema médico. Esse processo é conhecido como medicina baseada em Evidência e está sendo usado por vários setores de assistência médica, que agora implementaram a tecnologia de nuvem. Os alertas em tempo real é também uma das facilitações associadas ao Big Data. Como os hospitais hoje em dia precisam dar perspectivas na hora, após analisar os dados médicos, alertas em Tempo real desempenham um importante papel na qualidade do cuidado do paciente. O big data também ajudará a desenvolver a medicina personalizada, já que ele pode reconhecer a composição genética única de cada pessoa. Fazer isso ajudará a lutar contra epidemias.

Biografia do Autor

Sendo um associado corporativo sênior, o Peter Davidson luta para ajudar diferentes marcas e startups a fazer decisões de negócios eficientes e planejar estratégias de negócios eficazes. Com muitos anos de domínio na expertise, ele adora compartilhar sua visão nas tecnologias mais atuais e aplicações através de seus conteúdos bem estudados.

8 Maneiras de Como a Tecnologia em Nuvem Está Mudando o Sistema de Assistência Médica

Matej Kukucka

I am currently managing marketing efforts here at LiveAgent. I love SaaS products and according to my colleagues I am using too many browser extensions. Outside of my computer I play chess and drink too much coffee.

Our website uses cookies. By continuing we assume your permission to deploy cookies as detailed in our privacy and cookies policy.